Vote para eleger o Homem Mais Bonito e Sexy do Brasil

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

John Oliver faz piada com Temer,Dilma e abertura dos Jogos Olímpicos


O humorista inglês John Oliver, que apresenta o programa "Last week tonight with John Oliver" nos Estados Unidos, abordou a cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio em sua última edição. O estilo sarcástico de Oliver e sua equipe mexeu principalmente com a transmissão das emissoras de TV norte-americanas, mas sobrou também para o presidente em exercício Michel Temer e a ausência da presidente afastada Dilma Rousseff.

No início, Oliver afirmou que "a preparação para os Jogos do Rio vinham sendo marcado por turbulência, com o Brasil vivendo uma grande recessão, protestos nas ruas e uma epidemia do vírus da zika. Mas na sexta a NBC pediu para que esquecêssemos de tudo isso e focássemos na festa", Na sequência aparece uma apresentadora da rede norte-americana falando de modo acidentalmente caricato "alguém disse... festa?". Oliver ironizou dizendo que a apresentadora andou mexendo nos "estoques de caipirinha".

John Oliver disse incorretamente que Dilma "foi suspensa por denúncias de corrupção" (o processo de impeachment é baseado na acusação de crime de responsabilidade da presidente afastada no caso das "pedaladas fiscais") para ironizar uma frase dita por ela ao jornal espanhol "El País". Dilma afirmou que se sentia uma "Cinderela" por ter participado da organização o evento e "alguém chega, toma o seu lugar e se apropria da festa", em referência ao seu processo de afastamento.

"Isso é absolutamente papo furado porque a Cinderela não organizou o baile e sim a relações-públicas do príncipe para afastar os rumores de que ele era gay. Pense bem, na lista de convidados havia todas as donzelas disponíveis, era Cinderela ou Katie Holmes".

Na sequência, o humorista britânico apresentou o trecho de uma reportagem sobre a vaias que o presidente em exercício Michel Temer (que ele pronunciou como "Temel") recebeu na abertura. "Essas vaias têm sentido por algumas razões: a primeira é que ele não foi eleito e têm um plano de colocar em prática medidas de austeridade e, segundo, ele é um poeta e lançou um livro chamado "Anônima intimidade" que apresenta esse poema de verdade". Oliver recitou na íntegra uma tradução dos versos de "Vermelho":

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90