Vote para eleger o Homem Mais Bonito e Sexy do Brasil

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Cineastas de revoltam com escolha do filme que representará o Brasil no Oscar 2017


Nessa segunda-feira (12/09) o ministério da cultura escolheu o desconhecido e 

pouco falado filme 'Pequeno Segredo' para representar o Brasil na disputa do 

Oscar 2017,o que causou uma verdadeira revolta por grande parte dos diretores 

de cinema do país.o grande favorito era o aclamado 'Aquarius' de Kleber 

Mendonça Filho,que por uma decisão politica foi prejudicado.

  Entre os mais revoltados está Anna Muylaert, do filme "Que Horas ela Volta",que representou o Brasil esse ano,e que já tinha retirado seu novo filme da disputa para dar mais espaço para 'Aquarius' ele disse que essa escolha  prejudica todo o cinema brasileiro.
"Escolher outro filme para representar o Brasil agora um filme que ninguém viunão é apenas uma derrota para 'Aquarius', é antes de tudo uma mudança de rumo nos paradigmas de qualidade que viemos construindo todos nós juntos há anos", desabafou.
Para Anna, a escolha da comissão teve, sim, natureza política, sepultando "muito mais que um filme". "Enterramos um paradigma de qualidade e legitimidade para o cinema brasileiro. Quando se está vivendo sob a égide de um golpe nacional, porque haveria de ser diferente com o cinema?"
 Outro que também ficou triste foi Gabriel Mascaro,diretor do aclamado 'Boi Neion' outro que também retirou seu filme da disputa.É lamentável que o Ministério da Cultura tenha
 levado à frente um processo de escolha com imparcialidade questionável, confrontado com 
clareza pelos meios de comunicação diante de sua transparência duvidosa. A manutenção 
do processo só reforça o descompasso entre sua gestão e a comunidade artística 
brasileira. O que está em questão não é o filme escolhido, mas o processo de 
sua escolha — escreveu Mascaro, em resposta a um pedido de entrevista.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90