Top Sexy

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Brasileiros são os que mais 'traem' na Netflix, diz estudo



Quem é casado ou vive um namoro certamente já passou pela situação: nem sempre é possível cumprir ao pacto de assistir a uma série de TV somente na presença do parceiro. Com frequência, a traição é inevitável. É essa a conclusão da mais recente pesquisa divulgada, nesta segunda-feira, pela Netflix. De acordo com os dados coletados pela plataforma de conteúdo audiovisual on-line, 46% dos casais ao redor do mundo já trapecearam seus parceiros, acompanhando uma produção antes de sua cara metade — e omitindo essa informação, já que 60% admitiram que “trairiam” mais frequentemente se soubessem que não seriam descobertos.
O estudo revela ainda que brasileiros e mexicanos são os que mais “traem” em toda a América Latina: 58% confessaram já ter assistido à série preferida sem o parceiro. Na tal escalada “traidora”, os homens saem na frente, com 53% deles confessando o “crime”. Na pesquisa, também constam detalhes sobre o perfil do consumidor brasileiro: “de acordo com os casais entrevistados no país, comédia parece ser o gênero favorito para essas puladas de cerca — 43% preferem rir ao trair, mesmo se, em regra geral, os dramas ainda reinem entre os infiéis”, diz o material de divulgação da Netflix. Alguns números surpreendem: 16% dos casais brasileiros pensam que esse tipo de traição é pior do que ter amante de verdade.


Dados ao redor do mundo
Os maiores infiéis estão no Brasil e no México, onde 58% dos casais que fazem streaming já traíram. Os espectadores mais fiéis estão na Holanda (73% nunca traíram), Alemanha (65%) e Polônia (60%).
Séries mais tentadoras no mundo
Embora nenhuma série esteja a salvo, as maiores tentações para traição são “The walking dead”, “Breaking bad”, “American horror story”, “House of cards”, “Orange is the new black”, “Narcos” e “Stranger things”.

0 comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90